Rose Mukankomeje foi homenageada pela ONU com o prêmio Heróis da Floresta

divulgação

divulgação

Na última semana a ruandesa Rose Mukankomeje foi homenageada pela Organização das Nações Unidas (ONU) com o prêmio Heróis da Floresta. Após o genocídio ocorrido em 1994, que massacrou mais de 1 milhão de pessoas, a bióloga mobilizou compatriotas para proteger os recursos naturais de seu país. Ela colaborou para a restauração das comunidades durante o pós-guerra por meio do projeto Umuganda.

De acordo com Rose, as florestas de Ruanda foram completamente destruídas, pois serviram de abrigo aos refugiados durante o período de genocídio proporcionado por milícias Hutus e Forças do Governo de Ruanda. O fato foi comprovado por um documento da ONU publicado em 2011, que revelou que o deslocamento em massa da população ruandesa foi responsável por sérios impactos ambientais. “O país sofreu muito após o genocídio. A estrutura social de Ruanda foi completamente destruída”, disse a bióloga.

Fonte: Daiane Souza – Fundação Palmares | Foto: Divulgação-ONU