Queria ver você feliz, de Adriana Falcão

Com uma linguagem poética e ao mesmo tempo muito bem-humorada, Adriana Falcão revela para seus leitores aquilo que poderia ser descrito como uma história trágica protagonizada por dois personagens atormentados por seus demônios.


untitled
Apaixonados, Caio e Maria Augusta se casam no Rio de Janeiro da década de 1950 e têm três filhas.

Todo o sentimento que eles compartilham não impede que a personalidade exuberante de Maria Augusta se torne mais obsessiva e asfixiante com o passar no tempo, apesar dos medicamentos e de tratamentos psiquiátricos.

Caio, por sua vez, aprofunda uma melancolia que existia nele desde a adolescência e que culmina nos anos 1970 em tentativas de suicídio. Mais do que uma história com final dramático, trata-se de memórias afetivas que alternam momentos de profunda felicidade com outros tantos de dor, como acontece nas melhores famílias.

Adriana Falcão nasceu no Rio de Janeiro e foi morar no Recife ainda adolescente. De volta à cidade natal em 1995, ganhou reconhecimento como escritora, cronista e roteirista. Na televisão, colaborou em programas como A grande família e Louco por elas.

No cinema, esteve por trás de sucessos como a adaptação de O auto da compadecida e Se eu fosse você. Queria ver você feliz é a sua primeira obra de não ficção.

Páginas: 160
Gênero: Não Ficção
Formato: 16 x 23 cm
ISBN: 978-85-8057-609-2
E-ISBN: 978-85-8057-612-2
Lançamento: 24/09/2014

Fonte: Intrínseca