Orquestra Sinfônica Brasileira e violinista nipo-germânico Koh Kameda se apresentam na Sala Cecília Meireles – RJ

Koh Kameda | Foto Fabian Stuertz

Sob a batuta do maestro convidado Marcos Arakaki, a OSB volta ao palco da Sala Cecília Meireles nos dias 26 e 27 de maio. Dessa vez, acompanhada do solista Koh Gabriel Kameda, violinista nipo-germânico considerado um dos destaques de sua geração. A Orquestra Sinfônica Brasileira conta com a Lei Rouanet e tem a NTS como mantenedora, Vale, Brookfield e Eneva como patrocinadoras.

Será a primeira vez que a OSB dividirá o palco com Koh Kameda, mas com Marcos Arakaki a relação é bem mais antiga. De 2007 a 2010 Arakaki foi regente assistente da Orquestra Sinfônica Brasileira e, de 2008 a 2010, ocupou o cargo de regente titular da OSB Jovem. “Eu sou cria da OSB e devo muito a esta instituição. Voltar a reger a orquestra é sempre uma alegria imensa”, comemora o maestro.

Serviço – Orquestra Sinfônica Brasileira na Sala Cecília Meireles
Marcos Arakaki, regente
Koh Gabriel Kameda, violino
Dia 26/5 (Sábado), às 20h
Ingressos: R$40 (R$20 meia)

Dia 27/5 (Domingo), às 11h (Concertos da Juventude)
Ingressos: R$10 (R$5 meia)
Local: Sala Cecília Meireles (Rua da Lapa, 47 – Centro – Rio de Janeiro)
Ingressos a venda na bilheteria da Sala e no www.ingressorapido.com.br

Fonte: Assessoria de Imprensa