Omolokô – Uma Nação

Gilberto Antonio é um griô, um mestre das palavras, enraizado de corpo e alma no contexto da religiosidade de matriz africana.Não é somente um acadêmico estudioso do tema, cultiva, respira e vive o que escreve, o que fala.

Por isso seu texto deve ser celebrado como uma contribuição importantíssima para a cultura afrobrasileira, principalmente nesse momento em que a História da África e da Cultura afrobrasileira é matéria obrigatória nos currículos escolares do ensino fundamental, médio e das instituições de cursos superiores, quer sejam públicas ou privadas.

Nesse contexto, seu livro se apresenta de natureza única, visto que não conhecemos textos específicos sobre a temática que estejam à disposição do público.

Por outro lado, seu trabalho ressoa não como os tambores, mas como marteladas nas mentalidades atrasadas daqueles que tratam com preconceito e intolerância essa riquíssima matriz de ancestralidade africana.

Fonte: Saraiva