Livro “Ponte do Galo”, de Dalcídio Jurandir já atingiu a meta no Financiamento Coletivo da Catarse


Após 46 anos, a obra Ponte do Galo, do grande romancista Dalcídio Jurandir, ganhará sua primeira reedição. Uma edição única, em livro físico e e-book, de um clássico da literatura amazônica que integra o chamado Ciclo do Extremo-Norte e é objeto de estudo dentro e fora do Brasil.

O livro será impresso em formato 140mm x 210mm, miolo em papel pólen soft 80g/m², e terá entre 200 e 250 páginas. A capa será impressa em papel supremo 250g/m² com laminação brilhosa e orelhas de 8cm.

Dalcídio Jurandir
nasceu em Ponta de Pedras, Ilha do Marajó, em 1909 e faleceu em 1979. Escreveu 11 (onze) romances, dos quais dez formam o chamado Ciclo do Extremo-Norte. Recebeu com eles o Prêmio Machado de Assis, da Academia Brasileira de Letras, pelo conjunto da obra, em 1972, além de outros prêmios nacionais como o Prêmio Dom Casmurro, da Editora Vecchi, e o Prêmio Luísa Cláudio de Sousa, da Pen Clube.