Fascínio Circense. Arte e Pedagogia na Escola Nacional de Circo

Fascinio CircenseEm comemoração aos 35 anos de criação da ENC, foi realizado o lançamento do livro Fascínio Circense. Arte e Pedagogia na Escola Nacional de Circo, do pesquisador Claudio Alberto dos Santos, publicado com o apoio do Prêmio Carequinha/Funarte e da bolsa Faperj.

O livro aborda sobre Luiz Olimecha, um nome tradicional no mundo do circo, que teve uma iniciativa que anunciou um novo tempo para a relação entre o ensino circense e o governo federal no Rio de Janeiro. Ele não só preparou a vinda deste tempo como também contribuiu para que ele seguisse adiante.

Claudio Alberto, que é professor, atualmente também coordena os Cursos de Teatro da Universidade Federal de São João Del Rey (MG). O pesquisador concluiu, em 2015, o pós-doutorado sênior em Artes Cênicas (UNIRIO), intitulado Artes do Circo – pedagogias atuais, origens ancestrais.

“Sempre me orgulhei muito em dizer que sou de circo. E vou ser de circo toda a vida até morrer. Espero que quando eu morrer o meu corpo seja velado aqui ó (pausa). Dentro da Escola de Circo” (apontando para o picadeiro). (Luiz Olimecha)

Fonte: Funarte