Exposição “Gravura e crítica social: 1925-1956” na Pinacoteca do Estado

(imagem divulgação)

A Pinacoteca de São Paulo, museu da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo apresenta, de 26 de outubro de 2019 a 16 de fevereiro de 2020, a exposição Gravura e crítica social: 1925-1956, uma reunião de gravuras, pertencentes ao acervo da Pinacoteca, em torno do engajamento social. Com curadoria de Valéria Piccoli, curadora-chefe do museu, o conjunto é composto por 67 obras em xilogravura e linoleogravura de autoria de 18 artistas brasileiros como Lívio Abramo, Lasar Segall, Oswaldo Goeldi e Renina Katz.

SERVIÇO
Gravura e crítica social: 1925-1956
Curadoria de Valéria Piccoli
Abertura: 26 de outubro de 2019, sábado, às 11h
Visitação: Até 24 de fevereiro de 2020
De quarta a segunda, das 10h às 18h.
Pinacoteca de São Paulo:Edifício Pina Luz
Praça da Luz 2, São Paulo, SP – Sala D, 2º andar
Ingressos: R$ 15,00 (entrada); R$ 7,00 (meia-entrada para estudantes com carteirinha)
Menores de 10 anos e maiores de 60 são isentos de pagamento.
Aos sábados, a entrada da Pina é gratuita para todos.