Concurso “Campeões contra a Malária nas Américas” (Inscrições até 26/06/2017)

O concurso “Campeões contra a Malária nas Américas” recebe até 26 de junho inscrições de iniciativas locais e nacionais de combate à malária e que demonstrem como a vigilância e o acesso universal ao diagnóstico e ao tratamento têm sido essenciais para a eliminação e prevenção da doença.

O concurso vai identificar e homenagear este ano esforços inovadores que provaram ser bem-sucedidos na prevenção, controle, eliminação da malária ou impedimento de sua reintrodução e têm contribuído significativamente para a superação dos desafios impostos pela doença em comunidades, países ou região das Américas como um todo.

Para se inscrever é necessário acessar o formulário que está disponível no site da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas).

Os países da região das Américas se comprometeram em setembro do ano passado a continuar reduzindo o número de casos de malária em 40% pelos próximos quatro anos, intensificando assim os esforços de eliminação em todos os 21 países endêmicos na região e alcançando o status de “livre da malária” em pelo menos quatro deles.

O plano de ação aprovado pelas autoridades de saúde também procura evitar o restabelecimento da doença em 27 países e territórios nas Américas considerados livres da malária desde o início da década de 1970.

Entre 2000 e 2015, as mortes por malária diminuíram em 76% na região e o número de casos caiu 62%. Dezenove dos 21 países onde a malária é endêmica nas Américas viram uma diminuição nos casos em 2015, em comparação com o ano 2000.

Quatorze desses países relataram reduções de mais de 75%; dois países relataram uma diminuição de 50% a 75%; além disso, outros três países presenciaram reduções menores que 50%. Apenas dois países continuam a relatar aumento no número total de casos.

Fonte: Nações Unidas