Caderno de Artista, a artista Zélia Monteiro apresenta a obra Escritas do Instante

O projeto Caderno de Artista, idealizado pela curadoria de dança do CCSP, tem a intenção de acessar procedimentos de criação ou, por assim dizer, a materialização de um pensamento em processo. Os cadernos produzidos dentro do programa serão incorporados ao Arquivo Multimeios do CCSP, referência em acervos de arte e um dos principais de dança do país, contribuindo para a sua atualização com informações sobre importantes criadores de dança que ainda não tiveram suas obras catalogadas.

Nesta edição do Caderno de Artista, a artista Zélia Monteiro apresenta a obra Escritas do Instante.

Zélia Monteiro fala de seu modo de criação, que elege a desestabilização de padrões como o principal elemento de construção das danças. Obra aberta, coreografia única, escrita pelo gesto que emerge devido a uma sucessão de eventos imprevisíveis, a improvisação cênica é a forma de composição com que Zélia Monteiro trabalha há mais de 30 anos.


Zélia Monteiro
Zélia Monteiro é bailarina e professora desde 1977. Estudou dança clássica com Maria Melô e tornou-se sua assistente em 1985. Dançou com Célia Gouvêa, e fez parte do grupo Marzipan. Participou de seu grupo de pesquisa e criação e a partir dessa experiência intensificou seu trabalho no sistema didático criado por ele, realizando trabalhos pelos quais foi premiada pela APCA em 1987, 1988 e 1992.

Fonte: Centro Cultural São Paulo – CCSP