Bolsas de Estudos na Alemanha para Proteção Climática Internacional (inscrições até 01/12/2012)

Para jovens profissionais de países emergentes e em desenvolvimento

Inscrições até 1º de dezembro de 2012

Com o programa de bolsas de estudo, a Fundação Alexander von Humboldt incentiva futuros líderes oriundos de países emergentes e em desenvolvimento, que se ocupam do tema proteção climática e recursos naturais, na ciência ou economia, em organizações estatais e não-estatais.

São contemplados até 15 bolsistas.

O bolsista permanecerá na Alemanha por um ano para realizar um projeto, juntamente com um orientador por ele escolhido, com a finalidade de trocar conhecimentos, métodos e técnicas.

O objetivo é criar uma rede, na qual especialistas alemães e estrangeiros cooperem internacionalmente a longo prazo, para combater o aquecimento global e suas consequências mundiais. Os bolsistas são financiados com recursos da Iniciativa Internacional de Proteção Climática do Ministério do Meio Ambiente (BMU).

Os pré-requisitos são:
* Primeiro curso superior (bacharel ou diploma equivalente), cuja conclusão não tenha ocorrido há mais de 12 anos no início da bolsa de estudo;
* Experiência profissional abrangente, relacionada ao tema, ou uma qualificação adicional (acadêmica ou profissional);
* Confirmação de orientação por parte de um orientador na Alemanha;
* Esboço de projeto próprio sobre proteção climática e recursos naturais, de comum acordo com o orientador;
* Capacidade de liderança.

Os benefícios são:
Bolsa mensal de 2150 a 2750 Euros. Programa comum: seminário de introdução de várias semanas de duração, cursos de aperfeiçoamento, encontro final. Curso intensivo de idioma de um a dois meses. Custeio da família e despesas de viagem.

A bolsa de estudo inicia em 1º de setembro de 2013.
Documentos para inscrição e outras informações encontram-se em www.humboldt-foundation.de/IKS

Fonte: Alexander von Humboldt-Stiftung