Beija-me como nos livros com direção de Ivan Sugahara

Em “Beija-me como nos livros” a companhia Os Dezequilibrado procura retratar o relacionamento amoroso e seu desenvolvimento ao longo dos tempos, analisando o amor como uma invenção do ser humano, sujeita a constantes alterações, dependendo efetivamente das pessoas envolvidas.

As pesquisas realizadas para preparação do espetáculo foram baseadas, inclusive, na pré-história, período em que a palavra amor ainda nem existia, mas já se observavam comportamentos amorosos entre os seres humanos. Deste ponto, períodos como o da Grécia Clássica, Império Romano, Renascença, Romantismo, Século XX, até chegar aos dias de hoje também foram utilizados como base. Em dado momento deste percurso, a palavra amor foi inventada, com um significado bastante distinto do que prevalece na atualidade.

As questões e traições de dois casais contemporâneos alternam-se com cenas de mitos amorosos como “Tristão e Isolda”, “Romeu e Julieta”, “Dom Juan” e “Werther”, evidenciando o fato de que o nosso modo de amar é uma construção cultural e demonstrando o quanto seguimos repetindo padrões preestabelecidos.

Serviço:
Beija-me como nos livros

De 26 de junho a 28 de agosto
Quarta a domingo, ás 19h
CCBB – Centro Cultural Banco do Brasil – Teatro I
Rua Primeiro de Março, 66, Centro
Informações: 3808-2020
Horário da Bilheteria: de quarta a segunda das 09h ás 21h

Fonte: CCBB