Beatriz Bracher é roteirista, coautora do argumento do filme Cronicamente inviável

Beatriz Bracher (imagem divulgação)

Beatriz Bracher (imagem divulgação)

Nascida em São Paulo, Beatriz Bracher é formada em Letras e foi editora da revista de literatura e filosofia 34 Letras e uma das fundadoras da Editora 34. Estreou na literatura em 2002 com o romance Azul e dura.

Também publicou Não falei (2004) e Antonio (2007), além dos livros de contos Meu amor (2009, Prêmio Clarice Lispector da Fundação Biblioteca Nacional) e Garimpo (2013).

Como roteirista, é coautora do argumento do filme Cronicamente inviável (2000) e dos roteiros de Os inquilinos (2009) e O abismo prateado (2011). Seu livro mais recente é Anatomia do paraíso (2015), vencedor do Prêmio Rio de Literatura e eleito livro do ano pelo Prêmio São Paulo de Literatura.

Fonte: Imprensa BPP – Biblioteca Pública do Paraná