O Trabalho do ator: diário de um aluno por Konstantín Stanislávski

O “sistema” de Stanislávski domina a formação do ator no Ocidente desde que seus escritos foram traduzidos para o inglês nas décadas de 1920 e 1930. Sua tentativa sistemática de delinear uma técnica psicofísica revolucionou sozinha os paradigmas da arte dramática. Até hoje, leitores e alunos tinham de se digladiar com versões em inglês imprecisas, enganosas e de leitura difícil.

Algumas traduções equivocadas provocaram profundas distorções na maneira como seu sistema foi interpretado e ensinado. Por fim, Jean Benedetti conseguiu traduzir o imenso manual de Stanislávski num texto vivaz, fascinante e preciso em inglês. Manteve-se fiel às intenções originais do autor, voltando a reunir os dois livros anteriormente conhecidos como A preparação do ator e A construção da personagem num só volume, e num estilo coloquial e de fácil leitura para os atores de hoje. O resultado é uma contribuição importantíssima para o teatro e um belo serviço prestado a um dos grandes inovadores do século XX.

Sobre o autor:

Konstantín Stanislávski nasceu na cidade de Moscou em 5 de Janeiro de 1863 e desde muito cedo teve seu primeiro contato com o mundo das artes. Vindo de uma família de comerciantes abastados, seu pai construiu um pequeno teatro dentro de sua própria casa, onde haviam apresentações de peças para o seleto grupo de amigos da família, bem como encontros de intelectuais conhecidos da época. Aos 25 anos, Stanislávski passa a ser um dos fundadores, junto com Fiédotov dentre outras personalidades, da sociedade Literária de Moscou.

O Trabalho do ator: diário de um aluno
Autor: Konstantín Stanislávski
Editora: Martins Fontes – selo Martins
Assunto:Teatro
Ano de Publicação:2017
Coleção:Todas as artes
Edição:1
Páginas:760
Formato:24 x 16,5 x 3,6

Fonte: Martins Fontes